Segunda-feira, 22 de Maio de 2006

Ausência...

 

Olhos tristes, negros sem esperança...

Deambulo sozinha por entre os meus pensamentos e as minhas recordações.

Percorro uma estrada procurando o meu lugar.

A caminhada é árdua, os sonhos ficaram esquecidos por entre ponteiros e cronómetros que pararam no tempo.

O som dos meus passos é cada vez mais angustiante, estranhamente o silêncio apoderou-se deles.

Dói a ausência da tua presença, das tuas palavras... de ti.

Paro por instantes, olho para trás, já fiz um longo caminho... mas não chega. Tenho de continuar...

Temo não ser capaz de chegar a esse lugar...

Mas a ideia de voltar para trás também não me agrada...

Reclamo, peço-te uma última vez que ouças a voz do meu coração, que sejas capaz de apenas por um momento ouvir o meu silêncio chamar por ti...

Parece-me que não, não ouves... recusas escutar-me... nem que seja por uma só vez...

Quem és tu afinal?!!

 

És ausência...


Rascunho por Sofia às 17:00
link do post | Escreve tu também... | favorito
|
3 comentários:
De Carina a 23 de Maio de 2006 às 00:22
axo k ja te devia alguns comentarios, mas isto é confuso de manter controlado kem nos comenta, e acabamos p eskecer. :(
mas agr lembrei-me :D
doi, acredita k doi, e doi mt mais pensares e perguntares pk n deu certo, pk ele n ve k sou especial, pk é k ele n ker ou deixou de kerer, ou no teu caso... (k n sei o k foi :( )
mas pensa k se n deu certo, foi pk n tinha de dar, eu agr sei isso, e axo k n vale a pena lutares contra mares e marés p algo k nc vai valer a pena.
eu sei k agora dizes k vale, mas espero k xegue a altura k vejas, como eu vi, k ha de certeza algo de melhor para ti la fora, escondido ou mm ate à tua frente sem tu veres, mas ha, tens de acreditar nisso.
acredita k eu sei k doi, e se calhar ainda vai doer mais, mas vais acordar um dia em k a dor n é assim tao grande, e vai diminuindo com o tmp, mas acredita, passa, vais acabar p deixar o teu coraçao sossegar e seguir em frente, deixando o k foi para trás...
p agora desejo.te mt mt sorte, e k consigas o k eu tb espero conseguir, eskecer de x, pôr td para tras...
deixo te com um grande beijo sussurrado e com uma promessa de k passa, td acaba p passar, nc desistas é de escrever sobre isso, ajuda bastante :)


De soaresesilva a 23 de Maio de 2006 às 17:55
Bonito texto, muito sentido. A ausência, o nada, são angustiantes!


De rosa maria a 26 de Maio de 2006 às 14:00
Sofres...,mas isso vai passar.Não olhe para trás, segue sempre em frente, e qd deres por isso, já ultrapassaste a dor dessa ausência e encontrarte-ás novamente.
Fica um beijo


Podes escrever tu...

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Momentos

. ...

. Tu...

. Coisas Simples...

. Mais que mil palavras...

. ...

. ...

. Sonhos e melodias...

. Lágrima...

. ...

. Se eu fosse...

.Passar do tempo

. Agosto 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds