Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2006

Um dia...

adeus(1).jpg


Quando um dia não mais me vires, procura no teu pensamento a minha imagem...
Quando um dia não mais me ouvires, escuta no silêncio a minha voz...
Quando um dia não mais me encontrares, não me procures...
Lembra-te apenas de um sorriso meu e do som da minha voz...
Nesse dia saberás que me fui embora, que parti para longe... e que não quero que o teu caminho cruze no meu...

Um dia quando tudo isto acontecer, apenas a saudade sobreviverá nos nossos corações... Saudades que o tempo não vai apagar, mas sentimentos que um dia se perderam no caminho...
Ficará somente na memória duas pessoas que um dia cruzaram o olhar, que um dia se amaram, mas que foram incapazes de partilhar as suas vidas...

Assim será....um dia.......

Rascunho por Sofia às 00:00
link do post | Escreve tu também... | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 18 de Fevereiro de 2006 às 19:15
Texto este carregado de sentimento, em frases simples e complexas ao mesmo tempo. Coragem! Bjs de LuzMoonLight
(http://atmoonlight.blogs.sapo.pt)
(mailto:moonlight@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2006 às 03:21
Está tão bonito este teu texto... eu que eu penso sempre, sou levado a pensar de um modo que me transcende, é tudo aquilo que te fará soltar estas imagens transformadas em pafrases tão bonitas de se ler... e não costmo pensar assim. um abração enomeruizocas
(http://bloguesfera.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ruizocas@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2006 às 01:16
Adorei ler o que escreveste. Vai ser um blog de visita. Beijos AlmaAlma Propria
(http://almasemfim.blogs.sapo.pt/)
(mailto:xxx@xx.xx)


De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2006 às 00:53
Há despedidas e separações. Mas há também caminhos muito desviados que voltam a cruzar lá adiante. Nada é definitivo.Luisa
(http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt)
(mailto:luisa34@netcabo.pt)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 21:43
Hoje quero falar de amor.
Sim, de amor... De amores possiveis e de amores impossiveis...
O amor que não se cala, não se esconde, não se guarda.
O amor que se dá com coragem, sem medos.
O amor que transpõe barreiras, que grita alto para se fazer ouvir...
Mas... Nem sempre se age com o coração mas sim muitas vezes com a razao e entao, os amores impossiveis tornam-se mesmo impossiveis...Dedé
(http://mundoondeexisto.blogs.sapo.pt)
(mailto:dede@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 13:38
A vida as vezes prega-nos partidas...nem sempre tudo corre como planeamos, mas... n vamos desistir do sonho, do objectivo que nos faz viver. OB pela tua visita aos meus sonhos, gostei mt de ler as tuas palavras, em que na sua maioria me consigo rever, como se de um espelho se tratasse. Bjsyohanan
(http://yohanandreams.blogs.sapo.pt/)
(mailto:yohanan_27@sapo.pt)


De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2006 às 21:48
Gosto sempre de vir a este cantinho mas fico sempre divido: será realidade, será ficção? bem quanto a Braga: mas tu és de Braga é? bem... um dia vou fazer um post ou dois sobre esta cidade...*ruizocas
(http://bloguesfera.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ruizocas@hotmail.com)


Podes escrever tu...

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Momentos

. ...

. Tu...

. Coisas Simples...

. Mais que mil palavras...

. ...

. ...

. Sonhos e melodias...

. Lágrima...

. ...

. Se eu fosse...

.Passar do tempo

. Agosto 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds